INICIO QUEM? LIVROS BLOGUE ENCOMENDAS PORTFOLIO
montag
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
PORTUGAL EM SADE, SADE EM PORTUGAL, SEGUIDO DE O 'AFFAIRE SADE' DE LISBOA
Aníbal Fernandes / Pedro Piedade Marques
ISBN 978-989-98987-4-5
2017
240 PÁGS.
210 X 148 mm (A5)
18,50 EUR
(+ 2,00 EUR de custos de envio)
 
 
 
ENCOMENDAR
 
Inclui a reprodução dos documentos do processo 125/66 (Autos de Declarações, Despacho de Pronúncia, Contestações e Acórdão) e um exaustivo Índice Remissivo.
 

1966, Lisboa. Salazar contra o Marquês de Sade em tribunal. Réus: uma mão cheia de colaboradores da primeira edição portuguesa de A Filosofia na Alcova. Resultado: quatro condenações inapeláveis e um suicídio.
Meio século após o termo do primeiro processo por “abuso de liberdade de imprensa” movido e levado a cabo contra um editor pela publicação de um livro durante o Estado Novo, este volume procura, ao mesmo tempo, lembrar e contar essa acção judicial, e recuperar o texto de Aníbal Fernandes, o único que, passados mais de vinte anos, recordou o processo e o julgamento, numa altura em que o editor Fernando Ribeiro de Mello e as edições Afrodite estavam já quase completamente esquecidos.
De Paris — onde Jean-Jacques Pauvert publicara em 1953 a edição de La Philosophie dans le Boudoir de Sade cujo exemplar guardado em casa do pintor Cruzeiro Seixas chegará, 12 anos depois, às mãos do incipiente editor Ribeiro de Mello — a Bissau — onde em 1970 arderão os últimos exemplares que tinham escapado à punição do fogo pelas autoridades portuguesas — esta história passa ainda por Luanda (onde se congemina uma raríssima homenagem ao divino marquês nas páginas do suplemento literário do diário ABC) antes de se desenrolar em Lisboa entre o Verão de 1966 e o Inverno de 1967, no ritmo irregular desse tribunal sui generis que era o Plenário da Boa Hora.

 
“Para a história da cultura em Portugal
este livro ficará como altamente imprescindível”
LER, nº 148, Inverno 2017/2018
 
“Absolutamente imprescindível"
FRANCISCO JOSÉ VIEGAS
CORREIO DA MANHÃ
LER
 
“Um retrato veemente dum certo estado das coisas na nossa vida cultural”
VASCO ROSA
OBSERVADOR, 15.02.2018

LER
 
“A amargura de um editor que não voltou a encontrar o seu espaço para ser, natural e instintivamente, contra o sistema quando o
sistema passara a ser democrático, algo que já se constatara em Editor Contra e que ganha, no contexto de um olhar tão detalhado sobre o "affaire Sade", uma patine de melancolia"
BLIMUNDA, nº 68, Janeiro 2018
LER
 
“...uma edição muito caprichada"
ELIANE MORAES
Autora de Sade : a felicidade libertina e Lições de Sade: ensaios sobre a imaginação libertina
LER
 
Ficheiro ZIP contendo imagem em alta da capa, amostra do conteúdo do livro em PDF e bios dos autores (5.25 Mb)
 
 
 
 
   
     
 
MONTAG é uma marca registada +351914189551 | montag_at_zonmail.pt
© 2014 Pedro Piedade Marques